Ensaios poéticos

Postagens populares

Caatinga/ mandacaru em flores

Caatinga/ mandacaru em flores

Árvores da Caatinga

Árvores da Caatinga
Mufumbo florido

Visitantes

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Em pleno dia! Encontrei uma Coruja... Voz de poetisa da Caatinga Potiguar

 
Em pleno dia! Encontrei uma Coruja...
Na beira da estrada carroçada
Pousada numa estaca da cerca de arame
Lá estava uma coruja
Com jeito de espiã daquela terra
Quando a avistei me surpreendi
Pois ela não voou do seu lugar
Nos deixou bem perto chegar
Parecendo querer nos conhecer
E pra maior surpresa nossa
Se deixou fotografar várias vezes
Enquanto girava sua cabeça até 180 graus
E parecia estar olhando em nossos olhos
Nos fazendo ficar por ela encantados
Pobre coruja!
Tão linda!
Tão sensível
Tão útil
Tão incompreendida...
Tão pouco vista...
Até quando poderá viver ali
E pousar em liberdade
A vigiar seu espaço
Na beira de qualquer estrada
Magnífica coruja!
Para os gregos és símbolo de sabedoria
E para outros povos és símbolo de agouro
Porém, para quem aprendeu a amar a natureza
Tu és simplesmente uma ave noturna
Necessária ao equilíbrio do planeta
Que precisa ser conhecida e preservada
E sobretudo amada...
Para mim tu és minha irmã
Porque considero a terra minha suprema Mãe

Maria de Fátima Alves de Carvalho
Natal:20.09.09

“Aos que amam a natureza”
Texto publicado em minha Obra "Retratos Sentimentais da Vida na Caatinga".