Ensaios poéticos

Postagens populares

Caatinga/ mandacaru em flores

Caatinga/ mandacaru em flores

Árvores da Caatinga

Árvores da Caatinga
Mufumbo florido

Visitantes

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Esperança Plantada: Fátima Alves - Poetisa da Caatinga

Esperança plantada...

Flores das mudas que plantei!!!
Se há esperança plantada
Terra estéril é transformada
A semente lá semeada
Num útero é fecundada
Sequidão vai germinar
Porque alguém ali plantou...
A esperança é semente
Que só espera ser plantada
Num pedacinho de coração
E não importa se é deserto
Ou se já tem bosque frutífero...

Fátima Alves:Poetisa da Caatinga
Natal/30.10.09

A Estrela que virou Lua ! Um lindo poema de Fátima Alves - Poetisa da Caatinga Potiguar

                                               A Estrela que virou Lua



Uma Estrela pequenina
Tão brilhante!
Morava numa galáxia bem distante
Um dia foi passear e se perdeu
Na imensidão do infinito universo
Ficando completamente sem seu horizonte
Mas certo dia, enquanto tentava voltar
Cansou ... e resolveu parar noutra galáxia
Num lugar totalmente desconhecido
Onde por acaso, encontrou um Rei estrela
Cujo nome era Sol
Por quem ela logo se apaixonou
Mas ele, nem percebeu sua presença
E então essa solitária estrelinha
Ficou muito triste...
Seu coração não queria mais brilhar
Ela começou a se apagar
E foi perdendo aos poucos parte da sua luz
Porém, um milagre aconteceu 
Sua beleza aumentou
De forma esplendorosa e divinal
E ela passou a brilhar e piscar diferente
Até ficar toda prateada e lindamente singela
Então, por ser assim, dona de uma beleza singular
O Rei Sol, um certo dia lhe avistou
E diante de tal formosura
Seu coração bateu acelerado
Se instalando nele
Uma inexplicável repentina paixão
Logo, o Rei quis conhecê-la
E rendido aos seus encantos...
A chamou para perto de si
Dando a ela seu amor e proteção
E hoje ela é simplesmente...
Seu amor ! 
E Senhora Lua!
A quem ele Coroou Rainha da noite
E lhe deu de presente
Seu coração de luz
E um punhado de estrelas
Para que ela viva eternamente feliz
A multiplicá-las pelo nosso céu
Enquanto vela o sono do seu Rei

Fátima Alves:Poetisa da Caatinga /09.10.09

“ Aos amores que não podem se tocar...”


Texto do meu Livro infanto juvenil- Palavras Singelas e Encantamentos...(2011)