Ensaios poéticos

Postagens populares

Caatinga/ mandacaru em flores

Caatinga/ mandacaru em flores

Árvores da Caatinga

Árvores da Caatinga
Mufumbo florido

Visitantes

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Que venha chuva! Voz poética de Poetisa da Caatinga
















Há tempos que não chove
Tudo está seco
Tendo cenário de morte
O céu fica azulzinho
Sem nuvem alguma
E não há sinais de chuva
A cena é forte de se ver
Os açudes e os rios temporários secaram
A água consumida  vem de poços e lagos permanentes
Mas correm risco de secarem
Pois a demanda é grande
Frente  a essa problemática da seca
O Estado não tem ações preventivas...
Para nos aliviar
 Toda vez
Que o céu não chover
E vivemos a procurar no céu
As nuvens carregadas de chuvas
Elas nos trarão muita alegria
Pedimos a Deus todo dia
Para que venha a chuva!
               ***
Fátima Alves : Poetisa da Caatinga
Natal,11.02.2015