Ensaios poéticos

Postagens populares

Caatinga/ mandacaru em flores

Caatinga/ mandacaru em flores

Árvores da Caatinga

Árvores da Caatinga
Mufumbo florido

Visitantes

segunda-feira, 1 de abril de 2013

**Clamando por Chuvas!**

  
**Clamando por Chuvas!**

Oh, Sagrada Chuva!
Onde tu estais?
Estamos a te esperar...
E quase não há mais esperanças
Já roubamos O Santo!
Acendemos velas!
Oramos e rezamos sem parar!
Até chegar o dia de São José
E quem roubou esse Santo
O devolveu em procissão
Porque no seu dia
As nuvens banharam a Caatinga
Mas pararam por aí!
Onde está a chuva meu Deus?
São José não é mais ouvido?
Onde foi parar os clamores
Dos nordestinos protestantes?
Que pediram diretamente a ti
E Tu, também não os ouvistes?
Oh, Pai! O cenário é triste...
Muito triste! É terrível de se ver!
Já falta a água em muitos lugares
E os animais estão morrendo
Na beira das estradas
Por falta de comida e água!
Oh, Pai Altíssimo!

Escuta os clamores do teu povo
E manda chuva!
Porque em qualquer tempo
Na Caatinga a Chuva é Sagrada
Oh, Pai de Misericórdia!
Muda esse quadro de horror
E faz descer do céu
O esplendor das tuas nuvens
Para salvar os animais que de fome e sede
Estão fracos e tremendo
Caindo e agonizando
Sob Sol escaldante na beira das estradas
Muda Pai!
Muda este cenário!
Devolve a vida A Caatinga!
Teu poder tudo pode!
***

Fátima Alves: Poetisa da Caatinga
Natal: 01.04.2013